[Como foi e fotos] Minha volta a escalada!

E após 1 mês e 2 dias voltei a escalar, na teoria eu deveria voltar a treinar, pegar uma condição física melhor e depois ir para a rocha, mas decidi que voltaria a escalar direto na rocha, porque a vibe é outra, a motivação também, fora que viajar é sempre muito bom!!

Faltava escolher o lugar, na minha cabeça eu ja sabia aonde queria ir, só faltava ver quem topava também, falei com o Daniel e ele topou na hora, o Maeda também animou ir, então decidimos que a volta seria escalar em Itaqueri da Serra, local que é mantido com a grande ajuda da Ana e Rafa, esses dois são pessoas abençoadas ! a vibe, energia e carinho deles são algo difícil de explicar! a muito tempo eles me dão muito força e antes e depois da cirurgia estavam sempre me ligando para me dar boas energias!!

Eu, Ana e Rafa

Eu, Ana e Rafa

Dias antes da viagem começamos chamar mais gente para ir junto, ai resolvi colocar um post no face para agitar a galera e a Nereida (do RJ) atendeu o chamado e foi para Itaqueri e ainda nos pilhou para escalar em Cuzcuzeiro no domingo e claro que nós topamos e nos 45 minutos do segundo tempo o Fabinho amigo do Maeda decidiu ir conosco, o resto são todos furões e perderam um fim de semana incrível de escalada!!!!!!!

A turma toda

A turma toda

Bom agora como vou explicar o que foi para mim essa volta a escalar e saber como meu corpo iria reagir a isso? Eu estava numa ansiedade muito grande!! O que eu já sentia no dia é que para andar estava muito melhor e fácil, mas na trilha é diferente, pois o terreno é irregular e tem o peso da mochila, mas, essa é grande noticia que tenho para falar, fazer a trilhas esta muito mais fácil e menos cansativo, lá em Itaqueri da primeira vez que eu fui, foi bem cansativo andar por lá, mas dessa vez foi muito fácil! e domingo ainda teria a trilha do Cuzcuzeiro, local que eu não conhecia, mas todos me falaram que era um trilha um pouco ruim e mais uma vez consegui andar la muito bem!! só essa parte me deixou muito feliz, porque já deixei de visitar vários picos por conta das trilhas, então agora já não tenho essa desculpa rsrs

Via Castelo de Cartas - 4o Foto Rafael Rodrigues

Via Castelo de Cartas – 4o
Foto Rafael Rodrigues

Via Castelo de Cartas - 4o Foto Rafael Rodrigues

Via Castelo de Cartas – 4o
Foto Rafael Rodrigues

Mas o que vocês querem saber é como foi a escalada, né? Eu escolhi uma via que ja havia cadenado e era bem tranqüilo, nossa já na saída deu sentir a diferença, minha movimentação esta bem melhor, porque é como se tivesse destravado as minha coluna, então fico mais  colado na rocha e consigo descansar também, a cadena saiu fácil e todos ficaram muito felizes e eu parecia uma criança escalando pela primeira vez!! E com isso saiu um grande peso, pois não sabia que seria assim e estava preocupado se iria conseguir escalar, dei mais um pega na via para tirar umas fotos e vídeos rs

Via Castelo de Cartas - 4o Foto Rafael Rodrigues

Via Castelo de Cartas – 4o
Foto Rafael Rodrigues

Em seguida fomos a outro setor de lá que não conhecia e meu Deus que lugar era aquilo, nossa lindo demais! da ultima vez que fui, a Ana havia falado para eu entrar num 7a que tinha saída de boulder, a via era curta mas muito potente e um pouco negativa, dei só uns peginhas e consegui fazer só a saída, mais uma vez fiquei muito feliz….. nesse ponto eu estava ficando muito tijolado e a pele do dedo quase abrindo, apesar de lá ser arenito, minha mão estava sem calos! Entrei em mais outra via e depois morri, então resolvi só ver a galera pois ainda havia a escalada de domingo, ficamos ate o sol se pôr e pegamos a trilha no escuro, outra bela aventura! rs

Via Toca da Onça - 7a Foto Rafael Rodrigues

Via Toca da Onça – 7a
Foto Rafael Rodrigues

IMG_7305

Via Toca da Onça – 7a
Foto Rafael Rodrigues

Via Toca da Onça - 7a Foto Rafael Rodrigues

Via Toca da Onça – 7a
Foto Rafael Rodrigues

Via Refrigerante de Musgo - V Foto Rafael Rodrigues

Via Refrigerante de Musgo – V
Foto Rafael Rodrigues

Domingo foi de conhecer Cuzcuzeiro, esse é dos locais que mesmo quem não escala deveria subir e a ver a vista! essa Pedra é bem diferente, no meio do nada tem um morro e la em cima um mega bloco de arenito!! O Fabinho foi equipar a via e a primeira chapa era muito alta, tipo uns 6, 8 metros e ne nesse dia estava um vento muito forte, então ate ele costurar estava lá embaixo adrenado, só de ver a altura da via, sabia que daria trabalho, pois minhas ultimas escalada forem de boulders! e lá  a via deveria ter uns 25 metros! Mais uma vez consegui escalar e me movimentar muito bem, mas a resistência foi-se. então esse dia só fiz essa via, mas o bom disso é que tanto em Cuzcuzeiro e Itaqueri ficaram muitos projetinhos o que estimula ainda mais nossa volta!

Cuzcuzeiro Foto Fabio Miyata

Cuzcuzeiro
Foto Fabio Miyata

DSCN3988

Via Fimose – V
Foto Fabio Miyata

Via Fimose - V Foto Fabio Miyata

Via Fimose – V
Foto Fabio Miyata

Via Fimose - V Foto Fabio Miyata

Via Fimose – V
Foto Fabio Miyata

Melhor do que eu escrever seria se alguém contasse como foi me ver escalando, então a Ana Ligia escreveu o que sentiu:

Há um tempo atrás, o Rapha me escreve “o médico vai me dar alta dia 18, vamos escalar em Itaqueri dia 20?”. Na época, eu achava que a única preocupação era convencer  a mãe dele… rs
Na véspera ele me diz “não sei se vou conseguir dormir hoje”… Foi quando percebi o motivo da ansiedade. Como o Rapha ainda não tinha escalado após a cirurgia, ele ainda não sabia o que esperar.
Foi um dia incrível e muito emocionante. Deu pra ver nitidamente a diferença entre o Rapha (antes da cirurgia) e o Rapha 2.0 (depois da cirurgia).
Pra quem não conhece Itaqueri, você precisa descer uns 100m de pasto, pra chegar no pico e geralmente esse terreno escorrega de manhã, por causa do orvalho no capim. Na primeira vez, o Rapha precisou de apoio nesse trecho.  Desta vez, o Rapha 2.0 desceu do carro e simplesmente  avisou “estou indo”. E foi! Sozinho!!!
Outra coisa que impressionou a todos foi a trilha. Andou muito melhor. O Rapha 2.0 passou pelas pontes e escadas tranquilo, sem a menor dificuldade.
Mas acho que a “prova de fogo” pra ele seria mesmo a escalada. E a melhor coisa que ele poderia ter feito, ele fez: entrou numa via que ele tinha escalado na primeira vez que foi à Itaqueri. Todos ficaram de “boca aberta”… “de queixo caído”… E brincamos “cadê o Rapha”? “Esse não é o Rapha”! “Esse é o Rapha 2.0”!!!
Foi lindo de ver… nessa via e em outras que ele escalou nesse dia… a escalada do Rapha mudou pra melhor! Agora ele tem mais controle, não precisa ter pressa para chegar no fim da via. Tenho certeza que isso vai ajudar a escalada dele evoluir ainda mais!
Parabéns Rapha!!! Por mais essa conquista!!!
E obrigada por compartilhar isso conosco!!!
Bom espero ter conseguido passar um pouco o que foi essa volta para mim! e também fico muito feliz em saber que muitas pessoas estão sempre torcendo por mim!! e fica aqui meu eterno agradecimento a Ana e Rafa por tudo o que fizeram nessa minha volta, ao Daniel, Maeda e Fabinho por estarem juntos nessa viagem e a Nereida que saiu lá do Rio de Janeiro para escalar conosco!! vocês são demais!!

Divirtam-se com as fotos, os vídeos vão demorar um pouco!

Via Toca da Onça - 7a Foto Fabio Miyata

Via Toca da Onça – 7a
Foto Fabio Miyata

Via Refrigerante de Musgo Foto Fabio Miyata

Via Refrigerante de Musgo
Foto Fabio Miyata

 

A vista do Cuzcuzeiro Foto Daniel de Andrade

A vista do Cuzcuzeiro
Foto Daniel de Andrade

A vibe! Foto Fabio Miyata

A vibe!
Foto Fabio Miyata

 

A volta na trilha Foto Fabio Miyata

A volta na trilha
Foto Fabio Miyata

Quase no fim da trilha Foto Fabio Miyata

Quase no fim da trilha
Foto Fabio Miyata

 

Via Fimose - V Foto Nereida Rezende

Via Fimose – V
Foto Nereida Rezende

Via Fimose - V Foto Fabio Miyata

Via Fimose – V
Foto Fabio Miyata

As fotos abaixo foram tiradas por Daniel de Andrade e Fabio Miyata.

Renan, Normam e Marcela, galera que estão gravando um documentario

Renan, Normam e Marcela, galera que estão gravando um documentário

Daniel na Via Fimose

Daniel na Via Fimose

 

Fabinho guiando a Via Fimose, com a chapa mais alta que eu já vi, uma queda dali sei não...

Fabinho guiando a Via Fimose, com a chapa mais alta que eu já vi, uma queda dali sei não…

Ana Ligia

Ana Ligia na Via estriquinina – 8b

 

Rafa Rodrigues

Rafa Rodrigues na Via estriquinina – 8b

Daniel na Via Refrigerante de Musgo

Daniel na Via Refrigerante de Musgo

 

Fabinho na Via Refrigerante de Musgo

Fabinho na Via Refrigerante de Musgo

Maeda na Via Toca da Onça

Maeda na Via Toca da Onça

 

Galera da segundo dia de escalada no Cuzcuzeiro

Galera da segundo dia de escalada no Cuzcuzeiro

Anúncios

Sobre escalango

Um escalador muito feliz!
Esse post foi publicado em Escalada, Para-Escalada, ParaClimbing, Saidas para rocha. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para [Como foi e fotos] Minha volta a escalada!

  1. Careli disse:

    Que bacana, meu camarada! Quero ver cada vez mais este novo rapha na pedra! Estamos sempre torcendo por ti!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s