Como você contribui para a escalada?

Há tempos que eu quero escrever um texto e voltar a origem do site… mas por diversos fatores eu fui desencorajado a escrever o que irei escrever agora rs

Bom quem irá escrever agora é o Raphael, amante desse esporte, tentarei separar o Raphael atleta e o Raphael da Associação Brasileira de Escalada Esportiva(ABEE), mas claro que alguns assuntos terão correlação.

O que eu quero que fique claro que eu não quero ofender ninguém e muito menos criar polêmicas, irei apenas esclarecer alguns fatos que ate hoje nos da ABEE resolvemos não discutir de forma publica para não alimentar mais confusões.

Hoje eu recebo muitas mensagens, de sugestão, criticas, de efetuar melhoras e espero que isso continue, porque sem as mensagens de vocês não temos noção do que erramos ou que podemos melhorar, eu acredito que nenhum processo é prova de falhas e que há sempre como melhorar tudo.

– CBME x ABEE, pessoal, não existe essa de richa, de briga de ego e tal. Irei resumir a historia, durante vários meses tentamos criar um grupo de trabalho de competições ligadas a CBME, mas que não foi para frente por um único motivo, financeiro, pois não teríamos autonomia para receber o dinheiro das associações em uma conta bancaria separada e teríamos que repassar uma % para a parte do montanhismo. E mesmo após oficializar a ABEE houveram tentativas de criar uma parceria e que foi negado por eles.  Bom antes que alguém me chame de mentiroso, eu convido para ir em casa, que eu mostrarei todos os emails trocados.

– Data da escolha da etapa de Boulder 2015, esse foi outro ponto que causou alguma confusão, resumo, desde que começamos a negociar a etapa(em dezembro de 2014), o mês estava definido, abril, faltava apenas a data, que foi escolhida após o ginásio anunciar a data da inauguração, mas porque não foi anunciado então? Não anunciamos porque nós da ABEE queríamos conhecer a estrutura do ginásio antes de fechar a etapa lá, bom eu fui pessoalmente conhecer lá e paguei do bolso boa parte das despesas, uma parte foi pago pela empresa Sapo Agarras, essa qual tenho um acordo de parceria como atleta, por isso a etapa foi anunciada após a CBME anunciar a data da sua etapa.

– mas Rapha, cada as etapas fodasticas e em maior número, essa é fácil, sem grana não vai rolar! Precisamos criar uma consciência que sem dinheiro, patrocínio, sócios, isso nunca irá rolar. Vejam as finanças em nosso site, lá tem cada centavo que entrou e saiu. Fato, hoje temos 62 sócios e posso afirmar que mais de 30 ali não pretendem participar do campeonato, querem apenas  colaborar e agora eu pergunto, cadê os outros atletas?  Porque se associam apenas quando recebem algo em troca? Essa também é uma parte triste que precisamos mudar por aqui, não vejo problemas em receber críticas, sugestões, parabéns, mas antes de reclamar, veja como você está contribuindo para o crescimento do esporte.

– e essa anuidade cara de R$120,00, isso é uma coisa que não sei nem como responder, como alguém pode achar R$10,00 por mês caro? Existem esportes que só o exame médico custa isso ou que participar de uma prova também custa esse valor. É necessário saber priorizar e valor da anuidade x os benefícios, sabemos que hoje não podemos oferecer nada mais do que organizar campeonatos, mas posso adiantar que não é uma tarefa nada e não recebemos nenhum salário para isso, pelo contrário, temos várias despesas que pagamos do bolso e não fazemos reembolso, uma outra coisa, todos trabalhamos em horário comercial, todos atualmente somos atletas, todos competimos durante o ano, treinamos e precisamos tocar a ABEE, longe de mim reclamar disso tudo, mas muitos não tem noção que temos várias outras tarefas além da ABEE.

– mas o esporte é tão unido porque há tantos problemas, eu discordo totalmente disso, o que existe hoje são panelinhas, não que isso seja ruim, porque a afinidade uni pessoas em seus grupos, mas o que eu penso é que todos podemos contribuir seja em panelinhas ou individualmente, posso citar alguns grupos que fazem isso e não recebem nada em troca, são os casos do Claudio e Yuri, mantenedores da Falésia Paraíso, Rocmasters, Clube Montis e etc… mas o que me preocupa e acho errado, são as panelinhas que impõem aos novos escaladores seus ideias, seus gostos, sua forma de treinar, de forçar a entrar em campeonatos, se esse novo escalador não pedir essas coisas, precisamos deixar que eles façam, escalem, treinem do jeito que eles quiserem, caso contrário escalar será uma coisa chata e ao invés de estimular estaremos perdendo novos escaladores, vamos voltar ao início de cada um e lembrar como era divertido o aprendizado e que não tinha nenhum pressão, há não ser escalar e se divertir.

– porque não existe patrocínio na escalada? Isso acontece porque não valorizamos as empresas que podem contribuir para o esporte, lembram em 2012… as 3 etapas de Boulder patrocinada pela loja Adrena, que foi um sucesso em todos os requisitos, perguntem ao Pedrinho o quanto ele investiu e o quanto ele teve de retorno, de todos os atletas que competiram, quantos foram na loja comprar um produto e fazer a máquina girar? Essa é a dura realidade do cenário de patrocínios por aqui.

Enfim não importa se você compete, viaja, abre via, treina, escala só em ginásios, divulga a escalada, trabalha com escalada, cada um tem o livre arbítrio de contribuir como quiser, não julgue ou empurre seus ideias para seus amigos, deixa que cada faça o que quiser e outra, se você quiser apenas praticar o esporte e não contribuir, também não tem problema, ninguém é obrigado a fazer nada, porque no final das contas estamos todos fazendo parte do crescimento desse esporte.

Desculpem os erros de português!

d5e1e-governanc3a7a1

Publicado em Escalada | 2 Comentários

Campeonato Brasileiro de Escalada 2015 – Modalidade Boulder

Se liga ae!!

post_boulder

As inscrições para o Campeonato Brasileiro de Escalada 2015 – Modalidade Boulder já estão abertas!

VALORES

Inscrições até dia 15 de março:
Pro/Juvenil/Junior (filiação ABEE obrigatória*): R$ 60,00
Amador e Sênior: R$ 70,00 (R$ 50,00 para associado ABEE)

Inscrições de 16 de março a 15 de abril:
Pro/Juvenil/Junior  (filiação ABEE obrigatória*): R$ 70,00
Amador e Sênior: R$ 80,00 (R$ 60,00 para associado ABEE)

Inscrições de 16 de abril a 23 de abril:
Pro/Juvenil/Junior  (filiação ABEE obrigatória*): R$ 80,00
Amador e Sênior: R$ 90,00 (R$ 70,00 para associado ABEE )

Info: http://www.abee.net.br/campeonato-brasileiro-de-escalada-2015-modalidade-boulder/

Publicado em Escalada, Eventos | Deixe um comentário

Festa de inauguração do ginásio Onsight – Porto Alegre – RS

E um novo e inovador ginásio esta em fase de construção na cidade de Porto Alegre-RS, o local promete vir com varias novidades e ira atender um publico grande na região!

Os trabalhos estão a todo vapor e algumas fotos estão sendo divulgadas no facebook do novo ginásio.

Eu estarei la na inauguração, como convidado da empresa que me apoia Sapo Agarras!!

Mais informações aqui.

10933063_10204420434884232_171701805_n

Publicado em Eventos | Deixe um comentário

Minhas melhores fotos escalando em 2014!

Esse é o quarto ano que publico meus melhores momentos do ano, tudo começou em 2011, revendo as fotos como evolui na escalada e quantas coisas aconteceram durantes esses anos, em 2012 o mundial de escalada e em 2013 o ano que eu mais viajei e escalei por lugares novos.

Não posso deixar de agradecer ao patrocínio da Five Ten Brasil e os apoios da Solo, 90 Graus, Deuter, 4Climb, Sapo Agarras e Xtrax Brasil.

2014 também foi um ano muito intenso, mas um  ano que eu pouco consegui escalar em rocha, no segundo semestre por exemplo foram apenas duas saídas, para o Cipó e Itaqueri da Serra. O destaque desse ano fica para a viagem a Igatu, durante o Encontro de Escaladores do Nordeste e a participação do Mundial de Escalada na Espanha.

Espero que em 2015 eu consiga ter um bom volume de escalada em rocha e voltar a escrever artigos com uma frequência  melhor!

Segue agora 17 fotos que marcam de alguma forma meu ano de 2014 na escalada!

10296414_728975633820805_6876242272857175698_o

Itaqueri da Serra Foto: Ana Ligia

DCIM100MEDIA

Serra do Cipó Foto: Ana Ligia

10383643_10154209981080082_8748004597793192519_n

Campeonato Caipira Foto: ?

10635763_1389830714625375_2145702615504412591_n

Mundial de Escalada Foto: Manel GM

10827953_720203831390554_1340093139886144364_o

Campeonato Brasileiro de Dificuldade Foto: Fernando Lessa

CBD185

Campeonato Brasileiro de Dificuldade Foto: Ed Nodomi

20140908_192214

Mundial de Escalada Foto:?

DCIM100MEDIA

Igatu – Chapada Diamantina Foto:?

664369_783241865028997_5700383180690826179_o

Igatu – Chapada Diamantina Foto: Igatu trekking

10269478_776923718994145_5417576588763996490_n

Igatu – Chapada Diamantina Foto: Igatu trekking

10014770_777694618917055_637615489861928941_o

Igatu – Chapada Diamantina Foto: Henrique Bastos

1965656_10154731168625082_2213244425270060740_o

Itaqueri da Serra,Via projeto para 2015! Foto: Cel Take

paraclimb_0028

Evento Paraclimbing Brasil Foto: Simony Blanco

SBS_8219

São Bento do Sapucaí – Setor Luminosa Foto: Simony Blanco

SBS_8325

Ginásio Bbloc Foto: Simony Blanco

DCIM100MEDIA

São Bento do Sapucaí – Pedra Ana Chata Foto: Simony Blanco

IMG_7447

Ubatuba Foto: Ana Helena Neves

 

Publicado em Escalada, Para-Escalada, ParaClimbing | 2 Comentários

[Como foi] O campeonato Brasileiro de Dificuldade 2014

Essa é a primeira vez que  eu começo a escrever um post sobre um campeonato e não sei em que “perfil” escrever… não sei escrevo como atleta que participou, como integrante da ABEE que organizou, como idealizador do Projeto Paraclimbing Brasil ou simplesmente desabafar com um monte de coisa engasgada ! rs
Depois desses 5 dias pós campeonato recuperando o corpo e a mente desse grande evento, tentarei de uma forma resumida escrever um pouco de cada “perfil”.

Via 1 Foto: Fernando Lessa

Via 1
Foto: Fernando Lessa

Após a realização da etapa de boulder em Brasília, nos da ABEE acreditávamos que o trabalho para a etapa de dificuldade seria um pouco mais e tranquilo, mas foi justamente ao contrario, uma etapa de dificuldade envolve mais fatores relacionados ao andamento do campeonato, como o cronograma de cada categoria, quantos atletas iriam escalar simultaneamente, as pessoas que fariam a segurança, juiz, croqui da via  com a pontuação, entre outros pontos, então o trabalho novamente foi muito pesado! Dessa vez a ABEE assumiu as inscrições, regulamento, captação de recursos, staffs,  tudo foi organizado por nós! No dia do campeonato, meu plano era ajudar na categoria Pró que aconteceu pela manhã, iniciar o amador e tarde ir no aniversário do meu afilhado, voltar, e competir no paraclimb, enfim ficou somente na vontade, não tinha como largar o evento somente na mão da Thais, era muitos detalhes, perguntas, decisões que a todo momento chegávamos para nós decidirmos! E para “piorar”a situação eu estava  me recuperando de uma forte lombalgia que eu tive a 5 dias do campeonato, na segunda feira da semana do campeonato, eu já havia jogado a toalha, pois dessa vez a crise de dor foi muito forte e fui para no hospital e a dor só melhorou após tomar 4 remédios na veia… durante os outros dia o medico recomendou descanso total, inclusive com licença medica, mas resolvi trabalhar normalmente e só deixei os treinamentos de lado. Mas durante o campeonato a toda hora a Thais e Mieko me pediam para descansar e não me esforçar, mas a vontade de trabalhar para que o evento fosse um sucesso não me permitia ficar apenas sentado rs.

Via 2 Foto: Edson Nodomi

Via 2
Foto: Edson Nodomi

Como a categoria paraclimb teve 4 inscrições além da minha, isso já havia me deixado eufórico, então eu iria escalar com ou sem dor, já que finalmente meu sonho de ter um campeonato de paraclimb com outros atletas estava em fim se realizando! Mas não foi fácil conseguir “arrastar” os 4 atletas para essa etapa, tirando o Hilton(escalador da CP), os demais eram de outras cidades, Daniel(Rio de Janeiro), Luciano(Distrito Federal) e Agnaldo(Campinas), foram muitas trocas de mensagens entre nós e que resultaram no espetáculo que foi a categoria! Vi muita gente chorando, inclusive eu, tentei me conter, mas só de lembrar de tudo o que eu vi e vivi nos dois Mundiais de escalada que participei, não tinha como controlar a emoção de ver os atletas escalando aqui no Brasil! A minha ideia era ter mais 2 atletas, 1 cadeirante e 1 deficiente visual, fechando assim todas as categorias que tem no Mundial de paraclimb organizado pela IFSC, mas não consegui encontrar, ficará de lição de casa para 2015.

Tive que ralar lá também rs

Tive que ralar lá também rs Foto: Ale Cardoso

Sobre a minha participação no campeonato, as vias estavam incríveis, havia conversado com a Thais as dificuldades de cada atleta e os rout settters preparam 3 vias, a única via adaptada que faltou, foi para o Agnaldo, que escalada com apenas um braço, pois ele me confirmou sua presença um dia antes, então a primeira via foi a mesma para todos, excluindo o Hilton que tinha uma via única para a categoria dele, na segunda via colocamos o Agnaldo em outra via ja pronta da Casa de Pedra e eu, Daniel e Luciano escalamos a segunda via que foi a mesma via do amador feminino.
Bom para finalizar esse ano que grandes realizações, aprendizados, viagens, competições, organização e de tudo muito trabalho, só tenho que agradecer a Jan, Thais, Neudson, Bibi e Ale Cardoso belo trabalho que fizemos esse tocando a ABEE e surpreendendo todos de uma forma positiva!

Eu e o Chico segurando o publico! Foto: Alexandre Cardoso

Eu e o Chico segurando o publico!
Foto: Alexandre Cardoso

Via 2 Foto: Fernando Lessa

Via 2
Foto: Fernando Lessa

Hiltão Foto: Edson Nodomi

Hiltão
Foto: Edson Nodomi

Le a via ae maluco Foto: Edson Nodomi

Le a via ae maluco
Foto: Edson Nodomi

Daniel Gonçalves Foto: Edson Nodomi

Daniel Gonçalves
Foto: Edson Nodomi

Luciano Frazão Foto: Edson Nodomi

Luciano Frazão
Foto: Edson Nodomi

Agnaldo Quintela Foto: Edson Nodomi

Agnaldo Quintela
Foto: Edson Nodomi

Podio Paraclimb Foto: Edson Nodomi

Podio Paraclimb
Foto: Edson Nodomi

E agradeço as empresas que em 2014 estiveram do meu lado, o patrocínio da Five Ten Brasil e os apoios da 90 Graus, Solo, Deuter, 4 Climb, Sapo Agarras e Xtrax.
E fica aqui registrado mais uma vez que o sonho para ser realizado, da trabalho, temos que batalhar e não desistir! Agora com esse sonho realizado o próximo sonho que queria ter cumprido esse ano, mas não dei, é ter mais atleta do paraclimb do Brasil no Mundial de Escalada em 2016! Nos vemos em Paris-França novamente!!!!!!

Galera que trabalhou no campeonato! Foto: Jaime Garcia

Galera que trabalhou no campeonato!
Foto: Jaime Garcia

Flagrante rs Foto: Edson Nodomi

Flagrante rs
Foto: Edson Nodomi

Família 90 raus e agregados!

Família 90 raus e agregados!

Publicado em Escalada, Eventos, Para-Escalada, ParaClimbing | Deixe um comentário

[Como foi] Estar no campeonato Brasileiro de Boulder e não competir?

Desde que comecei no mundo das competições no final de 2011, muitas coisas boas aconteceram e tudo em um curto espaço de tempo!!!! Não consigo nem explicar como tudo isso esta acontecendo! E no dia 04 de Outubro, mais uma etapa se iniciou na minha vida dentro da escalada, organizar um campeonato Brasileiro de Boulder pela Associação Brasileira de Escalada Esportiva e não participar rs, dessa vez fiquei apenas na organização mesmo.
Bom você pode me perguntar, como é estar do outro lado? Eu respondo, é uma grande responsabilidade, resgatar o campeonato do Brasil, fazer algo competitivo e o mais importante, ter de volta a confiança dos atletas e mostrar que é possível termos campeonatos de alto nível aqui no Brasil, claro não é uma tarefa fácil, principalmente no que diz a parte financeira, estamos finalizando os números financeiros para mostrar ao publico que apenas com inscrições não foi possível cobrir os custos da etapa de Brasília e para isso é muito importante termos o maior numero de associados na ABEE.
A ABEE vem inovando cada vez mais no que diz respeito a parte da gestão, a prova disse é termos toda parte de contabilidade disponível no site, vejam lá os números! Nos estamos trabalhando muito, procurando parcerias, empresas que queiram apoiar nosso campeonatos, fazer um calendário antecipado e promover uma rotatividade das cidades sedes dos campeonatos da ABEE.

Staff ABEE(Jan, eu, Thais e Ale) + Rout-Setters(Babaleia e Bele)

Staff ABEE(Jan, eu, Thais e Ale) + Rout-Setters(Babaleia e Bele)

Em Brasília, foi o nosso primeiro grande crux, e claro tivemos muitas dificuldades pois ninguém tinha experiência para tal evento, mas com muito trabalho, sacrifícios e porque não erros, conseguimos promover um grande evento e o feedback foi muito positivo! E gostaria aqui de registrar meu obrigado ao Linha, Lucas e Digão, a galera da UBT Escalada, por acreditar e confiar em nós para receber o primeiro campeonato brasileiro  de escalada da ABEE, da UBT Escalada e de Brasília.

Eu durante o brieffing das finais

Eu durante o brieffing das finais

Lá em Brasília o staff da ABEE, foi composto por mim, Jan Cardoso, Thais Makino, Ale Cardoso, Neudson Aquino, Ale Cardoso, Goro e Mieko Makino e Fernando Chileno e todos fomos como voluntários e por conta própria, ninguém teve reembolso dos custos, mas como nossa ideia é profissionalizar o esporte, queremos muitos nos próximos campeonatos pagar para as pessoas que forem trabalhar e quando o campeonato for em outra cidade, enviar 2 staffs da direção da ABEE para trabalhar no campeonato.
Por fim, deixo aqui  minhas impressões, que trabalhar pela ABEE e nesse campeonato foi algo muito gratificante, estou aprendendo MUITAS coisas, conhecendo mais pessoas, lugares e as vezes passando sufoco para fechar alguns pontos rs, mas que no fim tudo da certo!!!!!!
Agora é trabalhar forte para a etapa do Brasileiro de Dificuldade na Casa de Pedra dia 29 de Novembro e dessa vez irei escalar, sera o primeiro campeonato Brasileiro de Dificuldade com a categoria Paraclimb e dessa vez já temos alguns atletas confirmados para participar!

Eu fui o relógio das finais rs

Eu fui o relógio das finais rs

Equipe ABEE + UBT + Voluntarios

Equipe ABEE + UBT + Voluntarios

Agradeço também as empresas que apoiaram essa etapa de boulder, Hard Adventure, La Sportiva, Roc Master, Five Ten e Sapo Agarras, essas 2 ultimas que também me apoiam como atleta.

Fundo_podium

Vejam aqui a classificação completa e como foi o campeonato!

Publico

Publico

Publicado em Eventos, Para-Escalada, ParaClimbing | Deixe um comentário

1º Paraná Open de Escalada Infanto Juvenil

Fonte: EscaladaINT

10704972_823102494396915_764713074_n

Superação, técnica, controle e força.

O 1º Paraná Open de escalada infanto juvenil de dificuldade, será realizado em 25/10/2014, no Ginásio Via Aventura em Curitiba, agitando a escalada esportiva na capital paranaense.
As inscrições serão feitas aqui pelo site até o dia 20/10/14 (não serão aceitas inscrições no local ou fora da data final).

Categorias:

A – Abaixo de 10 anos (mínimo de 7 anos completos) top rope  – masculino/feminino
B – Abaixo de 12 anos  top rope  – masculino/feminino
C – Abaixo de 14 anos  top rope  – masculino/feminino
D – Abaixo de 16 anos guiado –  masculino/feminino
E – Acima de 16 (até 20 anos completos) guiado – masculino/feminino

Todas as categorias irão escalar duas vias classificatórias e uma final, serão vias flash on sight na fase classificatória para todas as categorias e on sight (á vista) na fase final para as categorias D e E.

Programação

Sábado dia 25/10

07:30 – Abertura do evento
07:45 – Boas vindas aos atletas e confirmação das inscrições
08:30 – Demonstração das vias para todas as categorias
09:00 – Início da fase classificatória para ambas as categorias
14:30 – Anúncio dos 6 finalistas por categoria
15:00 – Início das finais categorias A,B,C e abertura do isolamento categorias D e E
15:30 – Fechamento isolamento categoria D e E (não serão aceitos atletas fora do horário)
16:45 – Início das finais categorias D e E
18:00 – Cerimônia de premiação

Premiação: Medalha para os 3 primeiros de cada categoria, serão sorteados equipamentos e brindes para todos os participantes ao final da competição.

Inscrições e mais informações acesse: fepampr.org.br

Publicado em Escalada, Eventos | Deixe um comentário