Escalando a pedra do Pao de Açúcar

E finalmente eu consegui escalar do Pão de Açúcar, uma escalada que sonhava desde 2008 quando eu iniciei escalar na rocha, mas por diversos fatores eu não consegui, mesmo viajando para o Rio por diversas vezes.Alinhar imagem
 
Mas essa historia não começa assim, eu preciso contar uma “praga” que eu roguei para alguns amigos: “eu disse que se eu morresse antes de escalar do Pão de açúcar, eu iria voltar para assombrá-los rsrs”, então graças a Cissa Carvalho essa praga não existe mais.
Voltando, com a decisão de não participar do Mundial de escalada eu precisa arrumar alguma viagem pois a ferias do trabalho já estava marcada. Eu comecei a planejar alguns locais para escalar, já que essa seria a primeira ferias que eu iria me dedicar a escalar na rocha. Com o retorno da Cissa que estava morando na França e também gostaria de escalar por aqui e tinha disponibilidade resolvemos ir para o Rio escalar o maior numero de vias clássicas tradicionais.Alinhar imagem
Após fazer uma aclimatação na via Coringa na mesma pedra, combinamos de fazer a escalada começando pela via Italianos com a via Secundo. O começo da via foi bem tranquilo, mas perto da primeira parada eu simplesmente empaquei, não conseguia fazer o lance de forma alguma, nesse momento eu acabei perdendo bastante tempo e a Cissa na segunda parada estava bem preocupado com o tempo que estava fechando, ao fundo nos conseguíamos ver a chuva, mas que felizmente não chegou ate o Pão de Açúcar.

Alinhar imagem

Alinhar imagem

Alinhar imagem

Da terceira para a quarta parada, foi onde eu tive meu maior medo na escalada, uma travessia, tinha bastante agarras, mas o problema é que eu teria que retirar a costura e descer dois movs para entrar na linha da travessia, quem disse que eu conseguia fazer isso? Lembro que quando eu cheguei no lance, eu havia retirado a costura e ja estava escalando em direção a Cissa, quando ela me disse que se eu descesse seria melhor, nessa hora eu travei, acabei voltando para o grampo costurei e passei a corda de volta! Nesse ponto eu apenas pensava no pendulo em caso de queda e todo o ralado que iria acontecer, eu falei diversas vezes para a Cissa que não iria conseguir, ela com muita paciência me acalmou! Eu no desespero tentei em vão utilizar um cordelete para manter a corda no grampo, a única forma que eu via para fazer esse lance foi deixar o cordelete no grampo e utilizar para descer ate a agarra de incio da travessia, confesso que tirar o dedo do cordelete foi muito difícil, mas com a confiança que a Cissa passava eu consegui passar o lance! UFA!!!Alinhar imagem
As demais cordadas foram bem mais tranquilas e conseguimos chegar ao cume sem mais nenhum medo rs devido ao jogos Olímpicos havia um segurança nos aguardando para fazer a revista em nossas mochilas e material.Alinhar imagem
Escalar essa pedra foi muito emocionante, ver a vista la de cima é algo impagável, recomendo essa escalada!
Gostaria de deixar um grande obrigado para a Cissa Carvalho, realizei um grande sonho!!!!!!!
Alinhar imagem
Anúncios

Sobre escalango

Um escalador muito feliz!
Esse post foi publicado em Escalada, Para-Escalada, ParaClimbing, Saidas para rocha. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Escalando a pedra do Pao de Açúcar

  1. Filipe Careli disse:

    O Pão é tudo de bom! E a travessia da Italianos para a Secundo sempre da um medinho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s